Competências essenciais do empreendedor: como desenvolvê-las?
sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Por: Ale Rodrigues competencias-do-empreendedor-o-que-e-e-como-desenvolver.jpeg

Não ter formação em negócios não é sinônimo de não ter competências de empreendedor. Uma graduação ou curso qualquer é uma forma de ter base para tirar as ideias do papel. No entanto, muitas habilidades podem ser desenvolvidas na prática. Para isso, é necessário ter bastante vontade de aprender. Tendo disposição, em pouco tempo você se tornará independente e tomará decisões cada vez mais acertadas.

Histórias de pessoas que seguiram esse rumo não faltam. É até um clichê desses bons de ouvir: a do pequeno empreendedor que superou obstáculos com determinação e hoje prospera. Um exemplo emblemático brasileiro é o comunicador Silvio Santos, que, sem formação, foi de camelô a dono de um dos maiores grupos de mídia do país.

Muita gente tenta seguir o mesmo exemplo — de maneira mais modesta, talvez. Dados da Global Entrepreneurship Monitor 2014 revelam que o Brasil possui 45,7 milhões de empreendedores — 58% deles possuem uma renda máxima de R$ 2.364. Mas nem todos estão dispostos, ou mesmo sabem que podem desenvolver competências de empreendedor.

Quer saber como desenvolver as competências do empreendedor que há em você? Continue a leitura deste post e confira!

Quais são as competências essenciais do empreendedor?

Liderança

Uma das habilidades citadas como essencial, segundo especialistas, é a capacidade de liderança. Isso não significa saber mandar nas pessoas, até porque, em um primeiro momento, você possivelmente trabalhará sozinho. A habilidade de liderança diz respeito a uma postura que você toma diante do seu negócio.

É poder externalizar uma autoconfiança tendo consciência de que ainda há muito para aprender. É acreditar que é possível fazer e inspirar quem está a sua volta. E isso se desenvolve com muita paciência e demonstrando sua vontade de pôr seus planos em prática — e principalmente falando sobre eles.

Persuasão

Outra característica que o empreendedor precisa ter é a persuasão. Num momento de dificuldades para todo mundo, com um mercado cada vez mais competitivo e em crise, é essencial que você saiba convencer o cliente a comprar sua ideia. Esse é justamente o ponto. Você não vende um produto, mas uma ideia, uma solução. E para fazer isso é imprescindível conhecer a fundo o ramo no qual você trabalha.

Disciplina

Ambas as qualidades já citadas e qualquer outra que digam para você ter não podem ser desenvolvidas sem algo básico: disciplina. Ser disciplinado implica ter um compromisso consigo mesmo. O que é muito mais difícil do que se comprometer com outra pessoa. Quando você estabelece algo com outro, você adere a motivos que não necessariamente são seu foco principal.

Por exemplo, você pode levantar cedo da cama porque combinou com um colega e não quer passar pela vergonha de parecer irresponsável. Mas você precisa acordar cedo para fazer algo sozinho? Parece mais fácil ficar na cama, não é mesmo? Disciplina é isso: o compromisso consigo mesmo. E ela só pode ser desenvolvida se você conseguir enxergar seu objetivo final.

Lembre-se, no final das contas, é preciso muita responsabilidade para por um plano em prática. Mas com certeza o resultado final, desenvolvendo essas características, será satisfatório.

Não se esqueça também que é muito provável que essas competências do empreendedor sejam desenvolvidas com mais ou menos facilidade, dependendo da sua personalidade e do ramo do seu negócio.

Como tem sido sua experiência com seu negócio? Compartilhe conosco suas ideias em nossa fanpage no Facebook, afinal, suas dicas também podem ajudar alguém.

 

Sobre o Autor:

CEO Direcione - Mentor de Coaches - Mentor em Estratégia Empresarial - Coach Financeiro Business - Coach de Pontos Fortes (Gallup Certified) - Adm. pela EAESP-FGV - Licenciado Abracoaching.

Assine nossa newsletter e receba nossas dicas e artigos em primeira mão no seu e-mail.

Deixe um comentário

ENTRE EM CONTATO
WhatsApp chat